Entenda a diferença entre infarto e síndrome do pânico

Entenda a diferença entre infarto e síndrome do pânico

A primeira reação de uma pessoa durante a crise do pânico é correr para o pronto-socorro. Não é por menos. No momento do transtorno ocorre um turbilhão de sensações desagradáveis, entre elas falta de ar, dor no peito e coração acelerado. O principal medo de quem tem ansiedade generalizada e pânico é o risco de um infarto. Mas fique calmo. Seu coração vai muito bem.

O cardiologista André Gomes Andrighetto explica que os transtornos nunca irão se transformar em um infarto. São situações muitos diferentes. O problema, segundo ele, está na busca da pessoa por um tratamento sem saber o que realmente tem.

— O problema reside no fato de os pacientes saírem do consultório com a frase “você não tem nada”. Isso faz com que eles fiquem confusos, já que os sintomas voltam e eles seguem procurando novas consultas no pronto-socorro. O paciente não consegue entender o que estão sentindo. A frase correta do médico deveria ser “você não tem nada de errado no coração, mas sugiro que busque um tratamento específico para sua ansiedade”.

O especialista acrescenta que a pessoa não precisa ter medo de que vai desenvolver algo por causa da ansiedade. Primeiro, porque ninguém tem infarto várias vezes ao dia ou na semana como ocorre durante os ataques de pânicos; segundo, porque a dor de um ataque do coração é muitas vezes mais intenso.

— A dor do infarto é lancinante, excruciante, muito intensa. Um aperto na região do meio do peito e que não passa a menos que seja medicado em um hospital. A dor não é em agulhadas nem tipo vai e volta e não dura um dia inteiro. Infarto não gera acelerações, tremedeiras, dormências no rosto, na boca ou nas mãos como ocorre em um ataque de pânico.

Leia também:
Quais são os sintomas do pânico?

O cardiologista destaca que, se há dúvidas em relação a um possível diagnóstico, é necessário buscar atendimento médico. Fazer exames não é ruim e vai provar para o ansioso que não há nada de errado.

— Prejudicial é a atitude de muitas pessoas que não acreditam nos resultados dos exames normais e ficam sempre mudando de exame, clínica ou médico na expectativa de que um novo exame vá encontrar algo. Isso é prejudicial, pois retarda o diagnóstico e o tratamentos corretos.

A dica é conhecer o próprio corpo, procurar um especialista para tirar ideias de infarto da cabeça e terapias para controlar a ansiedade.

Leia também:
10 Atitudes para diminuir e controlar a sua ansiedade

There was an issue loading your timed LeadBox™. Please check plugin settings.
There was an issue loading your exit LeadBox™. Please check plugin settings.
de autoria de: Eduardo Correia

Idealizador do projeto Pânico Terapia.

Existem 72 comentários para este artigo
  1. Sheila Christine Santana at 2:16 am

    Muito obrigado por enviar essas informações tão essenciais para quem sofre um problema tão angustiante como este.
    Moro em Salvador-Ba. A realidade sobre o tratamento psiquiátrico e psicológico aqui, pode ser resumida em uma única palavra: Caos.
    O Sistema Único de Saúde não provê um atendimento adequado nos chamados CAPS.Eles não nos dão orientação nenhuma. O objetivo do tratamento, acho, deixar as pessoas dopadas.
    Agradeço por ser, talvez, a luz no fim do túnel.

    • Cristiane at 3:28 pm

      Boa tarde Sheila! Também sou de Salvador e concordo com você em relação aos CAPS…Estou também com transtorno de ansiedade, e decidi lutar com minhas proprias armas, ou seja contra mim mesma…rsrsr…não tomo nenhum tipo de remedio porque ja li varios depoimentos sobre o assunto e percebi que não adianta tomar remedio se a pessoa não tem o entendimento real da doença. Fico em um constante alerta e sempre que tenho as crises, paro,sento, respiro fundo e fico contando de um a dez até me acalmar, bebo muita agua.

      • Celio Roberto Santos at 12:49 am

        tome citalopram e bom e faça exercícios físicos tenho pânico a 5 anos só depois disto melhorou muito. mais primeiro fé em Jesus Cristo

      • Jenny at 9:10 am

        Hi there! This is my first visit to your blog! We are a team of volunteers and starting a new initiative in a community in the same niche. Your blog provided us useful intofmarion to work on. You have done a marvellous job!

      • Nubia at 5:29 pm

        Tbm tenho esse problema nao tomo nenhum remedio pois nao to a fim de mascara esse mal pois remedio nao adianta nada creio q Deus e minha cura meu psicologo e meu psiquiatra dois anos estou assim so eu e Deus sabe o que passo espero q ajude vcs agloria vem de Deus

  2. Daniela at 1:03 am

    Nossa muito bom esse artigo! !! pois a 2 meses ando sentindo, coração acelerado, tremedeira, pontadas no coração e na cabeca, dor nos braços, dores nas panturrilhas, formigamento na face, tonturas, enjoos, dor do estômago! ja fiz holter, mapa, eletrocardiograma, ecocardiograma, ecodopller da carotidas e vertebrais, fiz tomografia do crânio com contraste, ecodopller venoso das pernas. e todos deram normais…e mesmo assim quando os sintomas aparecem sinto que vou sofrer um ataque cardíaco.

    • Luciano gomes at 9:23 am

      Sinto o mesmo, passo a noite inteira sentindo dores no tórax pensando que estou tendo um ataque cardiáco, Para ser sincero talvez eu tenha 50 pequenos “ataques cardiácos” por dia, a grande maioria na madrugada,Só consigo dormir quando estou muito cansado para sentir medo.

      • André Carneiro at 9:47 pm

        “Muito cansado para sentir medo”…

        É exatamente o mesmo cmg… Eu só consigo dormir ou ficar calmo quando ocorre durante o dia quando meu corpo já está “calejado” da ansiedade.

        • Alexandra at 8:32 am

          Another dead tree solver here. After exitrimenepng with all the printing options (and doing most of the puzzle) I discovered the obscurely located Clue Font option under the View command. Using a 10-point font gives a 2-page printout but still with too much white space. Good puzzle!

        • günstiger kredit at 12:02 am

          I add my thanks too for the alert. I think it is horrifying that the Council should (a) approve such a monstrosity that is dissonant with its surroundings and horrendous in its own right, and (b) deliberately try to conceal information on what they were approving. I object most emphatically to a proposition that is so counter to enhancing the good work already done.

  3. Lili at 4:50 am

    Sofro desse mal a 2 anos.. Tenho 20 anos e nao consigo ficar sem tomar o meu calmante mesmo tomando as vezes tenho crise… Nunca fiz terapias.. A psiquiatra me receitou um calmante super fraco me deixa calma.. Mas mesmo assim me sinto insegura principalmente pra sair de casa sozinha ou ficar em casa sozinha..

  4. Regina at 5:36 pm

    Sofro disso tbm a 4 anos td vez que me dá crise é uma tortura sinto tds os sintomas estou tomando calmamente mas ainda sinto essas crises

  5. Arthur Viny at 5:20 am

    Esse texto esclareceu muita coisa, tirou minhas duvidas se eu estava sofrendo infarto, estou com essas crises há meses e só começaram a acontecer 2 meses depois que fui assaltado, é terrível.

  6. Sofia at 12:44 pm

    Obrigada! Alguém que diz a quem sofre de panico que a dor de infarto é excruciante e intensa. Porque agora toda a gente diz que não, que é fraca, que as mulheres até podem nem sentir! Mas acabei de falar com a linha de apoio que diz exactamente o mesmo dito acima! É intensa sim! Não é so um desconforto e isso ajuda muito.

    Mas isto de ter pânico é terrivel

  7. Júlia at 3:50 pm

    Tive um ataque de pânico ontem, pensei que fosse infarto, entrei em desespero.. e hoje estou sentindo dor no peito, mas é uma dor no músculo parece, alguém pode me ajudar? Tenho 18 anos. Se alguém puder me ajudar me manda e-mail, tô desesperada, com muito medo de ter outro ataque. Dói muito, e me da muito medo de morrer. juhmirella11@gmail.com

    • JOAO BATISTA SILVA at 11:41 pm

      JULIA NAO SEI QUAIS SAO SEUS SINTOMAS
      EU TENHO MUITO MAU ESTAR DOR NO PEITO QUEIMAÇAO MUITO MEDO SOU ANSIOSO O MEU CORAÇAO ACELERA NAS CRISES PASSO MUITO MAU NAO POSSO OVIR NADA Q JA PENSO Q TENHO DOENÇAS VO AL MEDICO FIZ VARIOS EXAMES NAO CONSTA NADA

      • Daniel at 2:16 am

        Eu tbm sou assim…Alguém fala de doença la na esquina e eu já estou cá achando q estou com a doença dita… E eu venho sofrendo de ataques de pânico & ansiedade a 1 mês

    • marcos at 7:16 am

      Tbm tenho isso muito tuim começou Me da cala frios braco doendo coração acelerado depois de comer deu isso o médico falo que e ansiedade isso e muito ruim eu sai correndo com medo parecia que TVA desmaiando mas foi quase toma um chá de erva cidreira melhora muito

    • Simone at 2:00 am

      Oi eu tenho crises a 6 anos é muito difícil sempre acho que vou morrer a qualquer momento, e remédios já tentei só piorou as crises, sofro demais me dá vontade só de ficar deitada quietinha quando ataca muito.nao sei mais o fazer.

  8. Leanderson at 3:45 am

    Olá, ultimamente estou sentindo umas pontadas no peito, falta de ar e tipo uma queimação na costela do lado esquerdo, eu já tive 2 crises de pânico, mas agora não tenho mais, só q tenho sentido esses sintomas, já fiz um eletro e não deu nada, so q estou preocupado com meu coração..

  9. Elisangela Pereira at 2:55 pm

    Toda vez que sinto que vou ter uma crise,a primeira coisa que penso é q vou infartar,foi muito bomm ler essa reportagem…

  10. alan gama at 1:02 am

    Tenho 15 anos e sinto varios sintomas como, dor no peito, falta de ar, dores nos braços e pernas, tontura, enjoo, garganta fechando, dores nas costas, na mandíbula e nas costelas. Ja vem acontecendo a um mês. E ainda não fiZ nenhum tipode ezame. Mas esse artigo ajudou muito, obrigado.

  11. Isaura ribeiro pires. at 11:16 am

    Nunca lí nada mais esclarecedor.Muito obrigada,me ajudou ainda mais á sair dessa escuridão chamada sindrome do panico.GRATA;Quem pensa no próximo pensa como DEUS.

  12. Jussara Keiser da Silva at 3:37 am

    Meu Deus no mês de julho/2016 pra hoje já tive unas dez crises, e horrível hoje mesmo pensei que ia morrer, então vendo estas explicações fiquei mais tranquila, realmente tênis que acreditar em Deus w nos médicos pra sermos desta situação.

  13. Diego at 8:23 pm

    Se eu for entrar em detalhes do que aconteceu comigo nessa última semana, afinal nunca tive nada parecido com o que vou relatar , escreverei um livro. Portanto, relatarei sucintamente. Tenho 26 anos, sempre pratico atividade física (musculação e arte marcial) e me alimento de maneira saudável. Não sei se por preocupação ou estresse, fui três vezes ao pronto-socorro, todas nessa mesma semana, devido a sensações de palpitação e “agulhadas” pelo corpo, com destaque para a terceira vez, que foi verdadeiramente um ataque de pânico, sensação de morte iminente etc. Fiz dois exames por eletrocardiograma e recebi, como expresso no artigo, a mesma resposta, “seu coração está perfeito”. Mas ainda assim, para suprimir de vez essa ansiedade, marquei uma consulta com cardiologista. Enfim, este artigo já me tranquilizou em demasia. Muito obrigado e fé em Deus.

  14. willian at 9:26 am

    Tenho 13 anos comecei com isso depois de me esforçar em correr, quase desmaiei uma vez e depois disso fiquei com medo. Agora to sentindo formigamento no peito e suando frio, já tinha visto várias pessoas com isso agora tô vendo como é, valeu pela informação me acalmei bastante mesmo sabendo que não tenho nada no coração ataque de pânico sozinho no escuro e de madrugada é tenso agora tô com dificuldade de dormir. .. Não precisam se preocupar infarto é raro vlw ai :’)

  15. carlos at 3:34 pm

    olá! Recentemente acabei meu relacionamento de quase nove anos, a minha namorada não tinha tempo nem pra mim nem pra própria família. ela trabalha em dois emprego e recentemente começou a ter crise de síndrome do pânico. iniciou o tratamento, porém quero muito ajuda-la mais tenho dúvida se devo reatar o relacionamento para poder estar mais perto,
    dando apoio neste momento difícil que ela está passando. ela gosta de mim e Eu dela, porém a sobrecarga de trabalho veio fazer com que Eu não seguisse o relacionamento a diante. aí tenho está dúvida : reato o relacionamento e ajudo ou não reato e tento ajuda-la como um amigo? porém sei que com o fim do relacionamento as coisas ficaram mais difíceis para ela!

    • pri at 3:07 am

      Ter sindrome do panico é a pior sensação do mundo e o pior de tudo é sentir todas as pessoas te julgarem te achando louco e mandando se controlar o que só descontrola ainda mais as crises que podem ser agravadas por depressão, agoroforbia, claustrofobia etc. E um termino de relacionamento desencadeia crises ainda mais severas, mas só reate se realmente sentir algo por ela pois a instabilidade cria ansiedade extrema e as vezes e preferivel sofrer tudo de uma vez. tenho sindrome do panico a 10 anos gerado por alto stress

  16. Carlos Iafelice Junior at 12:29 pm

    Artigo excelente! Eu mesmo já fui por 4 ocasiões parar em hospitais, e lá me injetaram um valium e.,.. fim do infarto! Mas o sofrimento e a falta de informação sobre sindrome do pânico e ansiedade aguda colabora para piorar as coisas. Muito legal a iniciativa! Parabéns mesmo!

  17. Adriana at 7:42 pm

    Tenho sindrome do panico a mais de cinco anos. É horivel . Sinto o coraçao acelerar a garganta parece que dar um nó a barriga doi calafrios, tremedeiras formigamento nos braçoc e pernas a senssacao é que vou morrer. Agora sinto uma dor no peito. Tomo fluoxetina e quando tenho crise tomo rivoltriu. Agora toda vez que começa os sintomas entro em um desses sait e fico lendo depoimento de outras pessoas e vou me acalmando. Foi assim que encontrei vcs.

  18. Viviane at 10:54 am

    Comecei ter sindrome a pouco tempo, mas antes ja sofria de ansiedade generalizada, tinha várias crises e pensei que não tinha nada pior que taquicardia, suor frio, sensação de desmaio e falta de ar, porém a alguns dias descobri que tenho sindrome do panico, tudo está pior, tenho tido taquicardia, falta de ar, e principalmente dormencia, todo dia metade do meu rosto fica dormente, minha perna e braço do lado direiro, a mão tbm, a lingua e o olho, nossa que sensação horrivel, eu liguei até pra ambulencia mas o medico disse que era estresse. To tomando um remedio de apetiti pq ajuda a dar sono e me deixa mais tranquila. Minhas pernas e mãos ficam fracas e doendo como se eu tivesse malhado muito mas n faço exercicios ha tempo. Enfim quis relatar minha experiencia. Se quiserem conversar fala comigo no meu e mail quem sabe a gente forma um grupo e se ajuda. E mail: vivianeicm@hotmail.com

  19. Paulo M. at 4:12 pm

    Boa tarde! Essa matéria me tranquilizou demais, tenho 29 anos e a poucas semanas comecei a sentir uma forte pressão na cabeça, fui a cardiologista, minha pressão realmente estava alta e passei a tomar Losartan 50mg, depois de uns dias a dor de cabeça não passou, comecei a sentir leves dormências pelo corpo e rosto, até que um dia, eu comecei a sentir falta de ar, como se não conseguisse respirar, umas sensações inexplicáveis que são suportáveis, taquicardia, e eu achei que tivesse infartando.
    Fui ao hospital as pressas, (não quero nem pensar nas multas) cheguei lá, meus batimentos estavam normais, minha pressão estava normal, fiz eletro e estava normal, fiz exame de sangue para detectar infarto e deu negativo.
    Fiquei perplexo, ja tinha lido sobre crises de ansiedade/panico, mais nunca imaginei que fosse tão real, lendo o artigo a cima fica claro que meus sintomas eram mais parecidos com panico do que com infarto. Agora vou me consultar com o psiquiatra e tentar tomar um calmante, pois desde então tenho convivido com esse peso no pescoço e esse leve aperto, principalmente quando penso ou falo sobre o assunto.
    Eu achei mesmo que iria morrer.

  20. Ray at 1:26 am

    Estou com essa síndrome também nossa é horrível e n sei o q fazer pq o S.U.S é horrível n sei como fazer isso é horrível já fui mil vez a pronto socorro e meu coração ta bem mais em casa sinto dormência no braço e no rosto parece infarto realmente

  21. Gisele at 11:36 am

    Minha família, tanto por parte de pai quanto de mãe apresentam pessoas que já tiveram infarto e até mesmo já faleceram. Meu pai teve infarto esse ano e está sendo muito difícil lidar com isso, mesmo ele estando bem agora. Fico grande parte do dia achando que também vou sofrer desse mal. Tenho dificuldade para dormir ou mesmo para fazer algum tipo de atividade que exige esforço físico, acordo de madrugada com o braço esquerdo dormente, sinto dores no peito, falta de ar, muitas vezes tenho diarreia, entre outros sintomas…já fiz exames do coração e nunca deu nada…que sensação horrível, sempre acho que vou morrer…

  22. Lucas at 8:20 pm

    É realmente assustador, comecei a sentir dores no peito, palpitações, acabei indo para o pronto socorro as 4h da manhã, fiz o eletrô e o doutor disse que estava tudo normal, achou que poderia ser dor muscular e receitou antiinflamatório, blz. Depois de alguns dias voltei a ir em um pronto socorro, com as mesmas dores no peito, no braço, costas, além de enjôo e fraquezas que me deu pela manhã. Lá minha pressão foi medida, fiz novamente o eletrô e tudo normal novamente, a Doutora disse que posso estar com uma pequena anemia, e que não era para se preocupar, para marcar um clínico geral e passar no cardiologista para ver isso, a tendência era que eu ficasse tranquilo pois a médica falou que poderia ficar pois não tinha nada fora do comum. Porem ainda sinto essas dores no braço, costas , ombro , desconforto no peito etc falando com uma amiga que faz psicologia ela disse que o que causa esses sintomas é o próprio medo que possivelmente pode ser gerado por ansiedade. Mas que realmente essa sensação é muito ruim é. O negócio é confiar em Deus, ele está no controle. Abç.

  23. ana carolina at 3:44 am

    Esse texto me ajudou muito! Convivo com a sondrome a 5 meses mas tive apenas uma vez no ultimo mes pq aprendi a controlar no inicio da ansiedade. Nunca tomei remedio, apenas cha de camomila ou gotas de valeriana para dormir e acalmar. Quem quiser conversa manda zap, 71987991516 estou aprendendo a vencer e a me curar disso.

  24. Luan at 5:28 pm

    Ah 2 meses, estou sofrendo com esses sintomas a primeira vez fui no pronto socorro e pediram pra ir no cardiologista e fui fiz um ecocardiograma de repouso e esforço deu tudo OK só a pressão que subiu muito no esforço mais o médico me passou um remédio pra pressão é um calmante natural melhorei 1 semana e os sintomas volto de novo agora é um desconforto no peito braços doendo principalmente o esquerdo aperto no peito mais não é uma dor terrível e só um desconforto aí sinto outros sintomas tbm cabeça doendo pontadas em todo corpo meu olho fica tremulo fico angustiado demais principalmente a noitene dia os sintomas fica indo e voltando bem fraco e muito ruim mais vou marcar um psiquiatra e cardiologista de novo tenho 21 anos e não estou aguentando mais todo dia acho que vou ter um infarto aí tem dias que dá uma melhorada aí no outro piora mais não chego a ir pro pronto socorro não pq consigo controlar um pouco mais passo o dia todo achando que vou ter um infarto qualquer hora quando mais penso em dor no braço ou dormência mais elas aparecem triste gente

  25. JOAO BATISTA SILVA at 12:00 am

    LUAN TENHO TUDO ISSO A MAS DE 6 ANOS PASSO MAU QUASE TODO DIA FIZ EXAMES NAO CONSTA NADA SE FOSSE CORAÇAO EU JA TINHA MORRIDO OU CONTADO EM VARIOS ELETROS Q JA FIZ PROCURE EM DEUS PAZ I UM BOM TRATAMENTO P MENTE MEU WATS 11 96385617 Q DEUS ABENÇOE SE PRECISAR CONVERSAR
    EU PASSO POR ISSO TENTE CONVERSAR COM QUEM TEM ISSO P VC SE SENTIR MELHOR

  26. cristiane at 11:42 pm

    quando tenho crise minha pressão arterial sobe..não sou ipertensa minha pressão é 11×7, porem quando estou em crise ela sobe muito por conta do meu nervoso, ja chegou a ficar 16×10…a minha duvida é: tomo um calmante ou tomo um remedio pra baixar a pressão. e dê uma dica…eu literalmente entro em panico fico muito nervosa…não uso medicamentos, porem quando a crise esta muito forte tomo um rivotril 0,25. No aguardo.

    • Daniel at 2:20 am

      Eu já cheguei a 18×12
      Fui voando para ao hospital … Cheguei lah aferiram minha pressão, estava de 13×9 … Aí eles falaram q era ansiedade… Me deram calmante… Fiquei dopado o natal inteiro … E do natal até aqui eu sofro achando q vou infartar todo dia … Isso é péssimo… Todo dia eu penso q vou infartar

  27. Ana Carolina at 2:40 am

    Esses dias eu estava em uma reunião,o dia todo sem comer nada,quer dizer… comi uma bolacha e tomei um café. Após eu sair da reunião,fui comprar um cachorro quente,pois estava com fome. Cheguei,fiz meu pedido é de repente senti um forte aperto nos ombros e braços,peito,etc… seguido de formigamento e taquicardia,tremores,fiquei pálida… já foi motivo pra eu me desesperar e entrar em choque,gritando que ia infartar… :( a dois anos faço tratamento para síndrome do pânico,as crises estão voltando. Penso todos os dias que estou infartando,isso que os médicos já me falaram que vai demorar muito pra eu ter um infarto. Tenho 20 anos e não quero ser assim pra sempre. :/ se eu escrevi alguma coisa errada,ignorem,pois estou ansiosa. As vezes as coisas saem sem concordância. Bjs

  28. Katia at 5:36 pm

    Ha 5 meses comecei a sentir coisas horriveís parecia a dor da morte,fui ao hospital duas vezes e estava tudo normal.Fui diagnosticada com ansiedade e síndrome do pânico.Desde então minha vida mudou.O PS começou a fazer parte dos meus dias,dores horriveis e assustadoras…fiz em torno de 9 ECG 2 exames enzimas e nada apareceu, mas eu tinha certeza que estava infartando.Hoje estou fazendo exames para descartar qualquer problema e poder viver melhor.As dores no peito,costas formigamento permanecem todos os dias parece que vou morrer nem analgésicos resolvem e precisei parar de trabalhar.Procurei um psiquiatra e estou tomando fluoxetina há um mês e Donaren antes de dormir.As crises melhoraram mas as dores são crônicas.Estou indo ao psicologo e o mais importante que é Deus.Espero a cura.Nao desejo isso pra ninguém!!!

  29. evelyn victoria nery da siva at 6:03 pm

    essa noite me acordei derrepente com uma sesaçao de panico pensei q ia morre meu coracao tava mito acelerado , e com sesaçao q ia desmaia fiquei com medo de morre ,mas lendo esseartigo acho q tenho crise ansiedade porque sempre tenho essas sençaoes , tenho q procura um tratamento pra mim poerque sempre q tenho essas crises penso q to tento um av ou um ataque cardiaco. obrigado esse artigo me ajudou muito .

  30. Lauanda at 12:48 pm

    Ola tenho 20 anos e aproximadamente uns 5 meses tenho sentido dores horríveis como se eu fosse infarta , fui ao pronto socorro 3 vezes , fiz dois ECG e um raio x e graças a Deus deu tudo normal. mais ainda sinto dores e é uma sensação horrível .. sinto dores no peito , no braço , formigamento nas costa , dores de cabeça , dores no pescoço , e agora constantemente dores na mandibula e meu estomago doi muito embrulha entre outros sintomas. sinto essas dores todos os dias. Sinto muito medo de morrer e acho que de hoje não passo rs assim são meus pensamentos todos os dias . mesmo o medico dizendo que meu coração esta bem , eu não consigo acreditar, Quem tiver um grupo no whatssap a respeito disso ou quiser conversa pode mim chamar 33-999573319

    • marcel at 6:04 am

      Tbm tenho estas crises, palpitações, mãos frias,calafrios, pânico, desespero, sensação de morte, as vezes estamos em um determinado lugar e aí começa o pânico,agente sai em disparada pra voltar pra casa e sentir mais calmo e seguro, mas mesmo assim , em casa mesmo de vez em quando tenho lapsos de pânico, sensação de mal estar, daí procuro fazer uma limpeza, vou pro chuveiro, ou uma atividade pra esquecer e isso acaba acalmando!

  31. Luciene at 8:39 pm

    Estou a dois anos sofrendo com pânico e ansiedade. Tomo clonazepam sempre q vejo que vou ter uma crise porém passo todos os dias achando q vou infartar e morrer. Devo ter ido a emergência achando estar morrendo mais de 30 vezes tanto q tenho todos os ECG e enzimas que é o exame do infarto do miocárdio e todos esses exames dentre outros de sangue deram todos normais. Só quem tem essas doenças sabem o pavor q e viver a todo momento com medo de morrer. Mesmo em tratamento ou sem me estressar ainda tenho crises repentinas. Passei por um cateterismo pois descobri um entupimento arterial na perna e estou em tratamento, depois disso minhas crises voltaram e piores do que antes. Por mais que a gente leia ou vá ao menos e saiba que não a risco de infarto e que o coração está bem viver com isso eu não desejo a ninguém.
    Que a gente consiga tocar a vida mesmo com essa doença… (Estou escrevendo e sentindo vários sintomas) …. Tenho esperança de um dia saber lidar melhor com isso!!!!

  32. Camila at 2:56 am

    Muito triste…Estou aqui com dor no peito e com medo…Todos exames que faço daí perfeitos…Mas ainda assim,medo!Vou ficar acordada esperando o cansaço me vencer pra dormir.Pq com esta dor,eu nem durmo de preocupação…Triste,muito triste.

  33. Ana at 1:16 am

    Primeiramente, agradeço pelo ótimo texto.
    Venho enfrentando o transtorno de ansiedade desde 2014 quando sofri uma crise dentro do avião, mas eu já havia sentido algumas bem fracas no começo do ano, só que nem liguei, mas depois desse episódio se agravou. Procurei ajuda médica e nada. Refiz exames e nada de novo, então ele me aconselhou a procurar psicologo, procurei de imediato, e em 2015 me vi livre da ansiedade já que passei a metade do ano em tratamento. Porém 2016 foi um ano muito conturbado e voltei a sentir, mas nada muito forte, só pequenas crises que eu conseguia controlar. Agora, me encontro novamente em mais uma fase muito conturbada com muitas preocupações, então fui logo ao medico refazer os exames de tudo e não consta nada, principalmente no coração, que eu mais me preocupo. Agora sinto de novo e parece que estão mais fortes, com novos sintomas como: mãos e pés suando, quentura no corpo, dor e ardencia nos ombros e costas, dor e formigamento no braço esquerdo, desconforto no peito esquerdo e até um pouco de dor e a clássica falta de ar que parece que a gente vai morrer sufocada. Meu coração acelera sem explicação, assim do nada, e bate o nervoso de morrer, assim me dá vontade de sair de casa, correr, gritar, e é o que faço, já até fui pra rua descalça recuperar o ar. Procurei psicologo, mas o que me ajudou mudou de estado e eu não tenho condições financeiras pra pagar o tratamento. Estou desesperada, pois não sei o que fazer, só nesta semana tive 4 crises e isso tá sendo uma coisa que só quem passa sabe o quanto é horrível. Eu só quero seguir minha vida em paz e conseguir resolver os problemas. Teve um dia que senti a crise as 17h e todo dia as 17h minhas mãos suam e eu fico um pouco nervosa pensando que vou ter outra crise. É horrível. Eu sei que é pedir muito, mas quem puder, por favor, me deem dicas de alimentos pra eu cortar da alimentação e algo que possa diminuir ou fazer com que essas crises diminuem.
    Espero que isso passe não só pra mim mas para todos que sofrem com essa coisa terrível que é TAG e Sindrome do Pânico.

  34. Thais at 11:40 pm

    Eu tbm sofro disso
    Sofri ja anorexia agora to curada da anorexia mas o sindrome do panico continua mesmo eu tomando calmantes remedioa faixa preta varias vezes ao dia ja nao sei q fazer nao aguento mais te essas crises tenho todos os sintomas na hora da crise ate tremedeira me da nao consigo anda nem fala direito falta de ar dormencia enjoo…tontura dor na nuca varias coisas ….

  35. Rafael at 1:31 pm

    Obg eu to com uma dor no peito bem no canto esquerdo E tive uma crise de ansiedade já tenho 13 anos mas a dor do infarto ela é forte? Por que eu sinto umas agulhadas no peito e dps parece que tranca minha garganta

  36. RODRIGO GOES TEIXEIRA DE ARAUJO at 12:02 am

    Post esclarecedor. A dor no peito na verdade não me assusta muito. Mas eu tenho muitas náuseas e acabo ligando com a possibilidade de infarto. Não tenho diabetes, fiz ECG, Eco e Holter a 8 meses e deu tudo normal. Só não sei como está meu colesterol, mas, marquei um exame pra ver. O medo de infartar piora muito meu quadro de panico e ansiedade. Percebo que ele é todo baseado no medo do infarto… Qualquer sintoma desencadeia uma crise. E as náuseas frequentes só me assustam.

  37. Gabriela at 5:29 am

    Bom ultimamente to sentindo muita dor de cabeça e na nuca e acabo pesquisando na internet oq pode ser e varios site fala que pode ser um infarto ou um ataque cardíaco e isso faz com que eu me disisperi
    Começo a sentir todas as dor, e pelo oq eu percebi tenho síndrome de pânico pois acho que vou morrer a qualquer hora, não gosto mais de ficar sozinha sinto dor de cabeça coração acelerado dor no braço e ombros e acabo me desesperando pesquisando na internet e fico com mais medo ainda.

    • andre at 11:44 pm

      oi Gabriela comigo acontece o mesmo. ate os mesmos sintomas que vc sente.
      mais quer um conselho nao procure coisas ruins na net não.
      Voce ja sabe do problema que tem nao e nada.
      Nos nao temos infarto todo dia.
      procure ocupar sua mente com aquilo que vc goste.
      feche os olhos e ore a a Deus nos momentos de crise.
      Sei que nao e facil mais vale a pena lutarmos para o nosso bem estar.

  38. andre at 11:34 pm

    ola tenho 29 anos sofro desse problema desde os meus 22 anos eu tenho “infarto” quase toda semana pelo menos e o que penso.
    tomo rivotril de0,5 mg e sou hipertenso para ajudar.
    convivo com o problema a tantos anos que ainda tenho muito medo de sofrer um infarto ou derreame.
    ja fiz eletrocardiograma, ecocardiograma e varios exames de sangue,nao consta absolutamente nada.
    Ansiedade e a verdadeira causadora deste mal maligno.
    mais vai por mim.
    ja tomei no comeco do problema imipramina,tofranil,sertralina e ludiomil.Na boa, ate resolve muito. mais infelizmente esses remedios mascaram o problema. mais os efeitos colaterais sao cruciantes.
    O remedio melhor que encontrei hoje é. praticar uma atividade fisica, melhorar sua alimentaçao,é fundamental.e mais, foge das malditas redes sociais e de programas de televisão que so trazem mas noticias esse e um dos melhores remedios.
    E concerteza ter muita fe em Deus e coisas positivas.
    eu ainda convivo com o problema.
    mais opnei por nao tomar mais esses remedios, por que hoje sou hipertenso devido a esses medicamentos triciclicos que tomei no comeco.
    hoje faco uso de remedios de pressao alta pro resto da vida gracas aos efeitos colaterais desses medicamentos que citei acima.
    mais enfim hoje estou melhor, nao curado mais estou estavel.
    tomo apenas o rivotril e os anti hipertensivos e uma coisa certa a cura esta dentro de nos e na nossa fe em Deus.
    entao foge do mal, valorize a sua vida, fuja das coisas horriveis deste mundo.pratique esporte, pense positivo ocupe sua mente e se ajude que Deus te ajudara fique na paz Jesus nos ama.fiquem com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>